Pages - Menu

terça-feira, 20 de julho de 2010

Foi Por Amor ! Cap. 2




À Um Passo.

Márcia sai da suíte e dá de cara com Camila já em seu quarto. As duas se assustam, Márcia rapidamente coloca um dos lenços no bolso de sua calça.
-O que você está fazendo no meu quarto? -Pergunta Camila achando muito estranho.
-Nada!Dizia Márcia gaguejando,olhando para todos os cantos do quarto procurando uma desculpa. -É que eu estava corrigindo umas provas...
-Sei,e?

-E...a caneta vermelha está falalhando muito,e como eu preciso corrigir logo vim ver se você não tem alguma que me empreste. -Disse Márcia
pedindo aos Céus que Camila acreditasse naquela desculpa mal pensada.
Camila sentou-se na cama. Sentou-se,não. Jogou-se. Parecia um peso morto. Deixou sua bolsa caída no chão e foi se esquivando dos
olhares curiosos de Márcia.
-Tem caneta vermelha na primeira gaveta da cômoda. Pode pegar. Márcia abriu a gaveta para pegar a tal caneta vermelha,no meio de papéis e canetas tinha um envelope branco com a inscrição do Hospital Geral da Cidade.
Camila levantou-se e avisou a Márcia que iria tomar banho e descansar.

- Obrigada pela caneta. Já te devolvo.

Márcia foi até a mesa com as provas e ficou pensativa à noite toda. Não conseguia tirar da cabeça o envelope branco com a incrição do Hospital. Era uma pista que começava a aparecer. Agora estava aberta as investigações. Já não era mais uma dúvida de que algo pudesse estar errado com a saúde de sua amiga,mas era uma possível confirmação. Aquele envelope deixaria claro o que estava acontecendo. Remédios,lenços ensaguentados e um envelope branco. Agora as peças começavam a se juntar. O quebra-cabeça estava prestes a ser montado.
Pela manhã Márcia esperou Camila ir trabalhar ( sua sorte que nesse dia entrava no terceiro horário) para definitivamente acabar
com aquela aflição. Hoje iria descobrir tudo. Hoje iria descobrir a causa do abatimento tão repentino da amiga.
Assim que Camila saiu de casa Márcia esperou uns minutos e foi correndo ao quarto de Camila. Não pensou 2 vezes,foi direto à gaveta da Cômoda. Abriu na certeza de que estaria lá o envelope. Mas para a sua surpresa ele já não estava mais na gaveta.
-Não pode ser.Não.Tem que estar aqui. -Dizia Márcia remexendo as papeladas.

Nesse instante Camila entra rapidamente no seu quarto e escuta a reclamação de Márcia.
-Não pode ser o que?Por que você está remexendo as minhas coisas? -Dizia Camila enfurecida
-É que... -Márcia agora remexia os cantos de sua mente afim de encontrar alguma desculpa esfarrapada outra vez.
-Você sabe que eu não gosto que mexa nas minhas coisas. Que horror,Márcia. Será que eu não posso confiar em você?-Dizia Camila
arrumando a bagunça que Márcia estava fazendo -Desculpa,mas é que eu preciso da sua caneta novamente.
-Você ficou com a caneta,não me devolveu. Inclusive pode ficar com ela.

-Há é? Então devo ter colocado em outro lugar.-Márcia foi saindo do quarto da amiga. Pegou sua bolsa e decidiu ir mais cedo para
o trabalho.
Camila tinha esquecido uns livros em casa.Pegou-os e também foi para o trabalho.
Pegaram o elevador juntas,mas não trocaram
nenhuma palavra. Márcia sabia que Camila estava furiosa com ela. Nunca gostou que mexessem em suas coisas.
Assim que chegou no destino de todos os dias, Márcia mandou uma mensagem para o celular de Júlio.Queria se encontrar com ele
no mesmo café que outra vez tinham se encontrado.
O tempo custava a passar. Os minutos pareciam terem se transformados em horas e a aflição aumentava mais. E mais. E mais. E mais.

Quando bateu o sinal da última aula parecia que Márcia tinha regredido ao seu tempo de criança. Mal dispensou os alunos e foi
direto ao encontro do amigo.
Ao chegar no local Júlio já estava esperando-a.

-Ainda bem que você já está aqui,acho que não aguentaria esperar mais nenhum minuto.-Dizia Márcia atropelando as palavras e até
mesmo a sua mente. Parecia falar mais que pensar. -Calma,senta aí e me diga o por que de todo esse alarde.
-Alarde não,mas alarme.Olha o que eu encontrei na suíte da Camila.-Retira da sua bolsa o lenço ensaguentado que tinha furtado da amiga.
-Mas...isso é sangue. -Dizia Júlio entre a ação de cheirar e identificar o material.
-Isso mesmo. É sangue. E tem mais,encontrei não só esse lenço,como muitos outros na lixeira,além de remédios e um envelope branco
do Hospital Geral da Cidade.
-E o que tinha no envelope? -Júlio já estava com a face demonstrando medo.

-Não sei,hoje de manhã entrei no quarto dela para descobrir o conteúdo do envelope,mas ela chegou bem na hora e me pegou no flagra.
Eu estou com muito medo. Não sei o que pode ser. -Vamos esperar,com certeza ela irá nos dizer o que está acontecendo.
-E se a gente tentar perguntar a ela?

-Melhor não. Você parece até que nem conhece Camila. Sabe que ela não gosta que se meta na vida dela. Deixa que ela mesma irá
contar. Não deve ser nada demais. -Tentando convencer à si próprio e a amiga.
Seus rostos demonstravam medo. Suas palavras calarem-se na boca. Suas mentes corriam. Voavam. Pulavam de precipícios.

Na correria de postar não expliquei sobre o Conto. Ele estará dividido em caps pequenos para que ninguém tenha preguiça de ler e acompanhar. ;) Hoje é Dia Do Amigo, e para esse dia especial fiz um selinho. Indicarei os donos de blogs que se tornaram tão especiais para mim que os considero como amigos. Quem foi que disse que amizade virtual não existe?! E à àqueles que eu indicar o selinho gostaria que eles também passassem esse selinho para aqueles seus amigos virtuais. Um abraço apertado e um bjão na bocheha de todos os amigos queridos.
Luana - De Carona Na Moda
Nara- Segredos
Franck- Poemas, Chiclete & Som
Cintia- Louca Pensando Alto
Rodolpho Padovani- A Arte De Um Sorriso
Betty Gaeta- Gosto Disto!
Cris- Diário On-Line
Paulo- Bar Dos Navegadores
Luria Correa- Distúrbios Sóbrios
Margarida- Vista do Telhado
Tathi- Anamnese
Amélie- Fragmentos d'Amélie
Amanda- Em Alto E Bom Tom!

Quem quiser pode pegar e repassar aos seus amigos.
Beijinhos! :*

23 comentários:

Franck disse...

Obg pelo selinho, vou voltar depois e pegar o meu, oba! Qto ao conto, por fv, não demore a postar os outro capítulos, fiquei numa aflição para saber o final... Vc está escrevendo bem, parabéns!
Um beijo e um bom dia dos amigos, que nossa amizade blogsfera seja infinita!

Paulo disse...

E aí Menina Fantástica!!!!...rsrs.
Você sempre me emocionando com seus textos e me surpreendendo com suas surpresas...
Vou pegar meu selo e fazer a próxima postagem...
Vc é demais Vanessa!!!
Muito obrigado pelo carinho.
Um grande beijo pra você.

Cláudia Renata disse...

Gostei também de seu blog, e fique a vontade para pegar as fotos e dar uma olhada!! Me viste mais vezes viu? rsrsrs. Beijo

Rodolpho Padovani disse...

Ahh, ainda espero que a Camila tome jeito e conte td para eles, hehe...

E muuito obrigado pelo selinho, amei mesmo, logo posto ele...

Bjs =)

meus instantes e momentos disse...

Hoje acordei cedo,cedo e feliz e deu vontade de vir aqui desejar um dia feliz pra vc tambem...
Maurizio

Relativizando Absurdos disse...

Começei a ler hoje o Foi Por Amor e já estou curiosa, amo histórias nesse estilo... ahhhh quero mais capítulos *-*

O que será esse sangue?! Tenho minhas suspeitas hahaha

bjus

Por Sami

Poupée Amélie™ disse...

Oi Van! Legal o conto!
Cheio de suspense, meio trágico, envolvente.

Obrigada pelo carinho, minha amiga virtual! Espero que nossa amizade não tenha fim. As vezes fico pensando: espero que meus amigos não percam o prazer de escrever no blog. Sentirei falta e não gosto nem de pensar na ideia. Quando não estou inspirada para escrever, tenho receio de perder o interesse pelo blog. É tão bom encontrar os amigos virtuais!!!
Vou pegar meu selinho! Adorei!
BjO*

Darkkg disse...

Quero pedir desculpas por não poder responder o seu recado da maneira que eu quero. É que eu tenho 28 recados para responder e já deixei atrasar demais. Portanto, por favor me perdooe e se possivel tente responder esse recado. É a primeira vez que eu faço um ctrl+v e quero que todos me desculpem, não é minha intenção. Alias, se você responder este recado é porque você me perdoou e eu vou responder com um recado gigantesco só sobre o seu post. Enfim, desculpe de novo. Seu blog está lindo! Uma prova? Minha consideração em responder seu recado e não ignora-lo. ♥

________
Quem pediu o link da comunidade de webs, dá um clique aqui foram muitas pessoas, não me lembro agora quem pediu em especial :\
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=104292425

Dika Fashion disse...

Minha linda, acabei de responder o seu desafio, eu amei fazê-los viu?!
Ficou super legal :D
Dá uma passada lá pra voce ver minha linda # beijão

Camila Monteiro disse...

Feliz dia do amigo (atrasado) pra vc tb... hehehehe. Desculpe.
Nossa to amando demais a historia
mal posso esperar pra ver o resto!!!
beijos, to curtindo muito teu blog!

Discovered Fashion disse...

Aahh ta bom flor!!!
Quando for acontecer da um tok viu...bjoks ^^

Babizinha disse...

Contos que tratam de assuntos polêmicos realmente nos deixa mais aflitos em saber o que acontecerá nos próximos capítulos. Ainda mais se tratando de Leucemia.

A espera... (:

Beijos
:*

Jeniffer Yara disse...

Linda história você está escrevendo viu?! *.* Feliz dia do amigo atrasado,hehe

Valeu pela visita no blog!Aqui é lindo! o/ Amei.
Beijos.

Cris: Diário On Line disse...

OIiiiii Vah!!! Nossa que coisaaaa mais lindaaaa...obrigada pelo selinho poxa vidaaaaa...fiquei mto mto feliiiz :D

E a respeito dos capitulos...estarei aki...gente q aflição qq será q aconteceu?? Aborto? leucemia???? Nada???? Que loucura isso tdo...
to AmandO...foi ótima essa sua idéiaaa flor!!!
beijOOOs

Mayana Carvalho disse...

essa historia me prendeu totalmente, quero a continuação.
beijos

GabyShiffer disse...

Olá,
Estive aqui no seu blog anteriormente mas com o link errado, o link do meus selos e mimos...
na verdade gostaria que vc conhecesse o meu blog "alfa" o
www.coisasdemullher.blogspot.com
:)
Estou te seguindo por ele
E quanto ao seu post adorei
Que vc tenha uma linda Quinta
Beijos na alma!

Paulo disse...

Vanessa Monique, Querida!!!
Tem um selinho próprio do BAR DOS NAVEGADORES para você... Pegue-o, ele é seu!!!
Beijo gostoso.

Pirulito que Bate-Bate disse...

Feliz dia do amigo!
Eu acho que também faria o mesmo que a Márcia, procurando por respostas e tentando dizer a mim mesma que está tudo bem com a minha amiga. Logo eu, que sou tão preocupada com eles.

Sika disse...

Ahhh que legal!
Uma história *O* vou ler e digo o que acho hein!! :DD

Desculpa a demora em respondê-la.. este mês não pude postar no blog por alguns motivos =/

Enfim, beeijokas!!!

garoto cientista disse...

Menina, que conto em! nem pense em parar pela metade. Você tem um estilo literário bem próprio, gostei bastante. Abraços.

belw disse...

Pronto, desafio respondido.
E que conto maravilhoso, já disse que adoro o modo como escreves? Quero a continuação *-*
E sobre o texto que a mariiina postou acho que ela nem vai continuar não qw
:*

Cláudia Renata disse...

Cara adoooorei essa história... muito boa!!! E vamos dizer que o que eu escrevo é para um 'amor' sim... hehe... escrevo o que sinto, não é todo dia... é mais qdo acontece algo e me expresso em palavras! bjoo

Cíntia Echel disse...

Só peguei agora o selinho... Mas vc sabe que o atraso foi por uma boa causa neh?! Féeeeeeeeeeeerias! rs
Enfim... Acabou! :(
Ano que vem, entro de férias no verão e vou conhecer Natal, aí te falo e deixamos de ser amigas virtuais pra sermos amigas virtuais e reais... rs
Se bem que depois de tantos papos, já te considero amiga real, e das boas!
Estou em atualizando aqui no teu blog. Menina, o tempo sem PC rendeu bem hein?! Estou adorando o conto!
Adooooooooooooooooooooro!
Bjuxxx grande pra ti!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...