Pages - Menu

domingo, 11 de julho de 2010

Olho Gordo

Danaram-se todas as sortes:
- Dei mal jeito no pé direito!

Não me valeram os búzios e os astros
mantras, mães-de-santo, cartomantes,
ou o horóscopo que lera pela manhã.

Fui à rua e dei uma topada naquela pedra de Drummond:
enquisilada, fundamental e mesma no meio do meu caminho.

E quiçá mais incômoda que a própria topada,
sua arte bruta de gerar perguntas, refinada,
fez-me indagar como, quando e por que.

Remover os sedimentos do enigma,
grão de mistério, monolito – a tarefa!
- O que me moveu, e interrompeu, hoje
foram trabalhos e mandingas de contrários!

Ou não
quem sabe antes conspiração de um ser-razão
a fazer-me repensar a vida no giro de um segundo
a fazer-me ser mais leve, enxergar a vida, simples.

uma pedra
e nada mais.

Izak Dahora
(para conhecer o blog é só clikar no nome)

- Fui comentar no blog de um conhecido meu (morávamos no mesmo condomínio no RJ) e axei fantástico essa poesia. Diga-se de passagem que todas as outras poesias e crônicas valem muito a pena ler. Possuem uma escrita rebuscada e gostosa.
Izak Dahora é ator, quando o conheci ele fazia o Saci do Sítio do Pica-Pau Amarelo.
Quem acompanha a novela: Escrito Nas Estrelas (?)
Ele é o Alex da trama e realmente ele toca violino e piano também, lá do apartamento eu sempre escutava. E toca muito bem. Pedi à ele para postar aqui esse poema e ele permitiu.
Obrigada Izak, desejo à você muito sucesso, e em falar nisso até hoje tenho o seu autógrafo guardado, sei que você merece muito mais, pela pessoa que você é.


Beijinhos e continuem assistindo a novela: Escrito Nas Estrelas.

18 comentários:

belw disse...

Nem assisto a novela, não gosto de novelas, mas no sítio do pica-pau amarelo eu assistia, e eu adorava ele *-* qw
O poema dele é realmente bom, adorei
:*

Jaci Macedo disse...

tem um desafio pra ti lá no meu blog (:
beijos.

Gilmar disse...

Vanessa, você está coberta de razão! A poesia é lindíssima. Profunda, reflexiva... Numa realidade truculenta, como a de hoje em dia, a sensibilidade dele acalma o espírito, convidando à outra reflexão permitida.

Gostei e muito!

Abraços!

Joyce Martins disse...

Eu não assisto novelas, mas achei seu post muito especial.

Como sempre adoro vir aqui sempre quando posso.

Espero que goste do novo texto,

Um beijo querida, boa semana!

Me mande se tiver twitter.

Paulo disse...

Vanessa...
O texto é lindo!!! E o título bem sugestivo...rsrs.
Por ser uma mulher assim, maravilhosa, vc realmente tem que cuidar com os chamados "Olhos Gordos", principalmente os femininos...rsrs.
Te cuida e continue brilhando sempre, pois os "Olhos Gordos" não gostam de olhar para as estrelas...rsrs.
Beijo gostoso.

Paty disse...

Oi Van
tem mais um selinho pra vc.
beijos

Nara disse...

Nossa, Vanessa, que Legal!
Um vizinho super artista, poema lindoooo, e ele é um rapaz de sucesso....
Imagino a sua saudade do RJ, mas vou dizer como o Dayvson: "tá feliz com seus novos amigos de Natal?" hahaha estamos aqui viu?
Amei te conhecer!
beijão

tou te seguindo: Claroooooo!

http://rosinarab.blogspot.com

Manias de Benetti disse...

Lindo o poema
Não assisto novela =/

Boa semana
;*
Marina

Valéria Sorohan disse...

Realmente uma poesia fantástica do seu amigo famoso, eu lembro dele no sítio. Além de ator é um poeta, quanto talento!

BeijooO

paraiso disse...

Lindo o texto, faz refletir e é super verdadeiro..

Não vejo essa novela, porque não dá tempo, mas adoro novelas..

Beijão.

Camila Monteiro disse...

Amei a poesia, muito gostosa de ler...
Adorei teu blog!
vou visitar o do Isak com certeza, valeu a dica!

Beijao

Stéphanie disse...

Linda a poesia .. gostei mesmo!
Eu assisto a novela e gosto bastante ...

Bjss

http://tvfabulous.blogspot.com/

Kacarecus disse...

adorei aqui...
vejo o quanto de blogueiros de natal vem aumentando:DD
isso é otimo!

seguindo-te!
segue agente tambem, ficariamos muito feliz em ter você la no noss espacinho

bjs, Liih

J.J. disse...

Tem talento esse garoto!!!!!!!!! Não sabia que ele compunha poesias, tocava piano e violino!

Cia. De Teatro Atemporal disse...

Oi, Bela!

Tem SELINHO pra você no Blog da Cia. De Teatro Atemporal!

Não deixe de pegar!

Receba o carinho de nossa companhia!

Clemente.

Cia. De Teatro Atemporal.

Margarida disse...

wooow Vanessa está lindo!
:)

Baaah disse...

Adorei a poesia del.
E desculpa pela demora a vir auqi.
Fiquei meio sme tempo!
Mas vejoq ue por aqui continue tudo muito bem, tudo muito bom.
Sempre trazendo osmelhores ecsritos seus ou de outros.
Mas só os melhroes.
hehe'

Gosto muito de vir aqui!
Beijos.
=**

Rodolpho Padovani disse...

Muito bom esse poema dele, até dei uma visitada lá no blog, valeu pela indicação...

Bjs =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...