Pages - Menu

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Amigos Enamorados

"Assim quando eu te falo alegre, friamente,

Sem um tremor de voz, mal sabes tu que estranha

Paixão palpita e ruge em mim doida e fremente!"

Florbela Espanca



Pelo fato de se conhecerem há muito tempo já não existia nada que não soubessem um do outro. Reconheciam pequenos sinais, olhares, sorrisos, feições, entre tantos outros gestos descarados e ocultos que exalavam de seus poros.
Ele, bonito, alegre, um sorriso fora do comum, e um olhar que fitava sorrisos incessantemente.
Ela, divertida, pequenas mãos que gostavam de afagar, corpo pequeno, delicado e uma alma de menina.
Cresceram juntos, dividiram brincadeiras e traquinagens fora e dentro de hora, repassavam recordações e desejos de adolescentes juntos e protegiam um ao outro, pois sentiam que suas almas eram iguais em essência.
Sentiam-se em parte como duas almas prestes a se juntarem a qualquer momento e quem os avistava diziam em coro: -Fazem um belo casal. Nasceram um para o outro.
Mas eles negavam, disfarçavam suas vontades e desejos não só para os demais, mas para eles mesmos. Não se permitiam viver aquilo que acreditavam que os deuses teriam escrito para os dois. Era melhor não arriscarem uma amizade tão forte que crescia com eles há tanto tempo, mas aquele sentimento era diferente e vez ou outra vacilava por transparecer em olhares fugitivos que custavam a entender como um sim.
Como um: -Eu também amo você!
As brincadeiras já vinham com segundas intenções ocultas e carregadas de feitiços.
As mãos ao tocarem se enlaçavam, bailavam no ar, fundiam-se, ensaiavam movimentos calorosos, como se fossem dois corpos entrando em conjunção.
As bocas vez ou outra não se contentavam somente em proferir promessas , e se encontravam em longos beijos trocados atrás de uma árvore em noites de luar, assim como faziam quando crianças, sendo que desta vez possuia um ar ardido e provocante.
Não se escondiam somente dos outros, mas se escondiam deles mesmo, dos próprios sentimentos por terem medo de um dia terminar algo que mal tinha começado, ou melhor, algo que tinha começado há muito tempo, mas que só reconheceram agora.
Se é paixão, se é amor, o que for, que não se perca, mas que se acenda dias mais, pois se existe tempo que se renda a vontade dos corações.

Vanessa Monique











25 comentários:

Cris: Diário ON Line disse...

Você viu que legal Vahhh!!! AI to tão felizzz...obrigada pelo carinho flooor, vc sempre foi especial comigo!!!!!! Bju bju e boa noiteeee...

Valéria Sorohan disse...

Que história linda. É um amor puro o que sentem, talvez por isso não assumam com medo de que se perca essa magia.

BeijooO

gabyshiffer disse...

Amor puro
que fofo
Adorei a foto e a frase da Florbela não posso deixar de dizer que é linda...
Brigadim pelo carinho da sua visita
Q vc tenha um lindo dia
beijos na alma!

*lua* disse...

Puxa me fez lembrar de um amiguinho meu quando tinha 4 anos, ele dizia ser meu namorado, nunca o esqueci, engraçado! Beijo

Nara disse...

vc arrasa amiga!
beijo beijo

Kacarecus disse...

ouuuu, que lindo ea o amor*-*
taun bom quando agente ama de verdade!

bjbj, liih

Camila Monteiro disse...

ai que fofo isso...
Muito bom!

Franck disse...

Dos seus textos, pra mim, esse foi o melhor...adorei! Bj*

Betty Gaeta disse...

Oi Vanessa,
Eu casei com meu melhor amigo e não deu certo. Por sorte conservamos a amizade, mas qse pusemos tudo a perder.
Me vi nesta história ...
Bjkas e uma boa noite.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

O amor quando vem é com tanta força que deixa qualquer um zonzo.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Pelos caminhos da vida. disse...

Lindo, lindo.


Obrigada pela sua visita, volte sempre.

beijooo.

J.J. disse...

Eu quero ter um amor correspondido, e ponto!!

Beijos

Novembro. disse...

É mistério, é mágica, é único. Não tem hora, não tem freio, não tem desculpas.

Gostei do texto.

Heli disse...

Vc é um a escritora e tanto! Parabéns! E obrigada pela visita no meu blog! Beijos

Pistoleiro Corvo disse...

Que a paixão consuma
E una as almas em um só coraçao!

Abraços!

Rodolpho Padovani disse...

Esse é um tipo de amor dos mais verdadeiros, eu acredito... adorei o texto, um dos que mais gostei...

Bjs =)

Rodolpho Padovani disse...

Selo pra ti no meu blog
Bjs =)

Raquel Costa disse...

São lindas as imagens que você coloca no post =)

Cíntia Echel disse...

Adorei o layout novo... É vc que faz?

Agora... E essa amizade aí, qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência? rs

Bjuxxxx

Beatriz disse...

Tenho um mimo pra você lá no meu blog, entre aqui meu amor: http://beatrizpazoto.blogspot.com/2010/08/blogs-selo-de-ouro.html

um beijo :*

Luria Corrêa , Martins . disse...

Amigos muitas vezes são um sinal de um grande amor, que muitas vezes se esconde por muito tempo. Lindo o texto vanessa.

bejs :)

Pirulito que Bate-Bate disse...

Muito lindo, mesmo! Não podemos sempre esconder os nossos sentimentos, pois o amor e coisas incríveis podem estar nos esperando, e nos escondemos do nosso futuro maravilhoso.

Daya Baxton disse...

Oi Vanessa, q bom q gostou das unhas marmorizadas.. Obrigada pela visita lá no blog..

Olha, gostei bastante dessa unha... Pois podemos brincar com todas as cores e melhoR: usar varios esmaltes que nao temos tempo de usar muitas vezes! Isso foi otimo pra mim!! Pois to cheia de esmaltes q comprei, quero usar e ainda nao tive tempo de usar tdos.. E posso te falar q as unhas fizeram um sucesso grande durante a semana, tdo mundo perguntando como tinha feito e etc...

Vou seguir o seu blog..

Bjs!

Paulo disse...

Vanessa, Menina Fantástica...
Puxa! Que texto lindo! Me deixou aqui com cara de bobo, sabia???...rsrs.
Me pergunto tanto, por que uma paixão muito intensa, ou amor, quando acabam, fazem as pessoas romperem de tal forma, com um sofrimento imenso, ao ponto de morrerem um para o outro? Esse sentimento intenso é tão lindo, mas dá medo, pois no final, geralmente, não fica nada, ou só mágoas...
Por isso é que esses "Amigos Enamorados" têm tanto medo de soltarem-se em um outro estágio de emoção...
Sempre me questiono sobre isso. Qual escolha fazer em uma relação dessas, né..???
Além do jeito gostoso a qual você escreve, o conteúdo dessa postagem está tão profundo quanto o seu jogo de palavras...
Adorei...!!!
Beijo pra ti, Guria.

Jéssica Trabuco disse...

Que linda história de amor!
É verdade, quando se há amizade em jogo o medo vem junto tbm com a vontade de amar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...